O Segredo para a Prosperidade

O Segredo para a Prosperidade

Introdução: Desde a mais tenra idade já nos preocupamos em adquirir algo. As crianças gostam de disputar brinquedos. Parece que está na personalidade de cada um de nós o desejo de prosperar. Há milênios os homens tentam descobrir a fórmula perfeita para a prosperidade, e eu não descobri somente agora porque ela já estava há milênios disponível, todavia foi ignorada pelos homens.

O jovem rei Uzias, descobriu um dos segredos para prosperar.

2 Crônicas 26:5. Porque deu-se a buscar a Deus nos dias de Zacarias, que era entendido nas visões de Deus; e nos dias em que buscou ao Senhor, Deus o fez prosperar.

Na epístola de Tiago, no Novo Testamento, há um versículo que nos mostra de onde vêm a prosperidade e as dádivas que ganhamos.

Tiago 1:17. Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação. Realmente tudo vem de nosso Deus.

Para esta lição tomaremos o exemplo de dois homens que prosperaram e desses exemplos poderemos descobrir dez segredos para a prosperidade.

NOÉ.  Na sua época ele herdou a terra.

A história de Noé é bem conhecida principalmente pelo dilúvio que ocorreu em seu tempo. Mas é preciso responder uma pergunta: “Como colocar Noé na prosperidade?” Esse homem foi o que mais prosperou, pois praticamente ganhou a terra inteira ele e seus filhos. Eram apenas oito pessoas para tanta terra e riqueza, isso é uma grande prosperidade, um presente de valor inestimável.

Mas a prosperidade de Noé começou bem antes do dilúvio. Vamos aos fatos:

Noé teve uma vida de comunhão com Deus no meio de uma geração corrupta. Se levantou para pregar a justiça e embora sendo criticado por seus contemporâneos ele não recuou e continuou anunciando a justiça de Deus e exortando o povo a fugir do pecado.

Foi ignorado, foi ridicularizado, zombaram dele, mas nada disso foi capaz de fazê-lo recuar. A Palavra de Deus diz que ele era homem justo e perfeito em suas gerações. Observe que a Palavra diz que ele era “homem”, isto é, mesmo sujeito aos mesmos pecados comuns a todos os homens ele viviam uma vida reta.

1. Noé foi um homem justo e perfeito no meio de uma geração corrupta e mal.

2. Noé era temente a Deus.

3. Noé tinha fé.

4. Noé pregava a justiça

Gênesis 6:9. Estas são as gerações de Noé. Noé era homem justo e perfeito em suas gerações; Noé andava com Deus.

A Palavra de Deus diz que Noé andava com Deus. Essa declaração mostra o principal segredo desse ser um dos homens mais prósperos do mundo. Ele andava com Deus e vivia uma vida reta. Não há segredo maior para a prosperidade do que este. Essa comunhão com Deus proporcionava-lhe um contato com Deus, por isso a Palavra de Deus diz:

Hebreus 11:7. Pela fé Noé, divinamente avisado das coisas que ainda não se viam, temeu e, para salvação da sua família, preparou a arca, pela qual condenou o mundo, e foi feito herdeiro da justiça que é segundo a fé.

Noé foi divinamente avisado, isso mostra o grau de comunhão que Noé tinha com Deus. Sua vida foi marcada por uma profunda comunhão com Deus. Deus guardou Noé  juntamente com a sua família porque este homem temia a Deus.

1. Daniel orava

2. Daniel dava graças ao Senhor.

3. Daniel vivia uma vida reta

2 Pedro 2:5. E não perdoou ao mundo antigo, mas guardou a Noé, pregoeiro da justiça, com mais sete pessoas, ao trazer o dilúvio sobre o mundo dos ímpios.

Noé foi chamado de pregoeiro da justiça, um título muito bem aplicado a um homem que não temeu os outros homens. Mesmo sendo minoria, Noé preferiu condenar a corrupção e a devassidão do mundo em que vivia. Noé preferiu ser minoria santa do que estar com a maioria que não temia a Deus.

Noé é um exemplo de homem próspero e o principal segredo é que ele andava com Deus.

DANIEL. Ele prosperou em terra estranha.

Quando Daniel chegou na cidade de Babilônia a situação dele não era das melhores. Embora fosse da família real ele chegou em Babilônia como cativo. Longe da família, em terra estranha, Daniel vivia um momento difícil.

Sua vida de prosperidade começou quando ele resolveu em seu coração não se contaminar. Observa-se o mesmo princípio da vida de Noé. Daniel tinha toda a oportunidade de aproveitar a vida de jovem e viver regaladamente sem temor a Deus. Daniel escolheu viver para Deus.

Daniel 1:8. E Daniel propôs no seu coração não se contaminar com a porção das iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia; portanto pediu ao chefe dos eunucos que lhe permitisse não se contaminar.

Daniel vivia uma vida de comunhão com Deus. Três vezes ao dia orava em seu quarto. Ele abria a janela do quarto na direção de Jerusalém em orava a Deus.

Daniel 6:10. Daniel, pois, quando soube que o edito estava assinado, entrou em sua casa (ora havia no seu quarto janelas abertas do lado de Jerusalém), e três vezes no dia se punha de joelhos, e orava, e dava graças diante do seu Deus, como também antes costumava fazer.

Um costume abençoado, um homem que começou a prosperar ainda jovem numa terra estranha e tudo começou quando propôs no coração não se contaminar. Ameaçado pelos invejosos e continuou temendo a Deus e fazendo suas orações. No capítulo 6 versículo 4, diz que Daniel era “fiel” e não se achava erro e nem culpa nele. Daniel não era perfeito, mas era um homem que vivia com Deus.

Daniel 6:4. Então os presidentes e os príncipes procuravam achar ocasião contra Daniel a respeito do reino; mas não podiam achar ocasião ou culpa alguma; porque ele era fiel, e não se achava nele nenhum erro nem culpa.

A prosperidade de Daniel pode ser vista da seguinte maneira:

  1. Daniel se tornou assistente do rei, ele assistia diante do rei. Um cargo muito alto. Daniel 1:19.
  2. Daniel foi engrandecido pelo rei Nabucodonosor. Daniel 2:48.
  3. Foi proclamado como o terceiro mandatário no reina de Belsazar. Daniel 5:29.
  4. Foi colocado com um dos três presidentes do reinado de Dario. Daniel 6:2.
  5. Daniel prosperou no reinado de Dario e no reinado de Ciro. 6:28.

Se examinarmos a Palavra de Deus iremos encontrar o que podemos classificar como a mais importante prosperidade que um homem pode receber, “ser amado por Deus”, os versículos nos dizem o quanto este homem era uma bênção.

Daniel 10:11. E me disse: Daniel, homem muito amado, entende as palavras que vou te dizer, e levanta-te sobre os teus pés, porque a ti sou enviado. E, falando ele comigo esta palavra, levantei-me tremendo.

Daniel 10:19. E disse: Não temas, homem muito amado, paz seja contigo; anima-te, sim, anima-te. E, falando ele comigo, fiquei fortalecido, e disse: Fala, meu senhor, porque me fortaleceste.

Conclusão: Deus é quem nos faz prosperar. Devemos lembrar também do que foi dito a Josué.

Josué 1:8. Não se aparte da tua boca o livro desta lei; antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido.

Em resumo: o segredo para a prosperidade é viver com Deus, sendo-lhe fiel em tudo, e nunca se apartar de sua Palavra.

Autor: Pr. Valmir Rodrigues de Alencar
07 de Julho de 2017

Comente este post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *